Benefícios da Vitamina C para a pele

Você conhece todos os benefícios que o uso de Vitamina C para a pele pode trazer?

Sem dúvidas, esse é um dos ativos mais queridos pelo amantes de skincare.

Nesse artigo, vamos aprender a diferença entre a Vitamina C pura e seus derivados.

Vamos ver também como cada ativo age e quais benefícios pode trazer.

Benefícios da Vitamina C para a pele

Ácido Ascórbico (Vitamina C pura)

A Vitamina C é o principal antioxidante solúvel em água em nossos tecidos.

Por isso, traz enormes benefícios para a nossa saúde e para a nossa pele.

Na pele podemos destacar o poder que esse ativo tem de nos proteger dos radicais livres.

Infelizmente, não somos capazes de produzir essa vitamina no nosso corpo, por isso sempre buscamos obter através de fontes externas, como frutas e verduras.

Se quisermos ter os benefícios desse antioxidante na nossa pele, devemos recorrer aos cosméticos!

Entre os benefícios que o Ácido Ascórbico pode trazer para a pele estão:

  • Poder antioxidante, combatendo os radicais livres.
  • Capacidade de aumentar a produção de colágeno na pele.
  • Aumentar o poder de proteção solar, caso utilizado antes do protetor.
  • Clarear manchas.
  • Iluminar a pele.

Mas, como nem tudo são flores, a molécula de Vitamina C pura é extremamente instável e oxida muito facilmente.

Ao comprar um produto com Vitamina C, muitos observam uma mudança na coloração e até no cheiro do produto com o tempo. Isso acontece, porque provavelmente a Vitamina C oxidou…

Isso não quer dizer que seja sempre uma má ideia incluir esse ativo na rotina!

Formulações com baixo pH e associadas à ativos como o Ácido Ferúlico e Vitamina E, tem se mostrado mais estáveis.

Outra forma de proteger a Vitamina C da oxidação, é por manter o produto longe da luz.

Muitas empresas optam por embalagens escuras ou opacas que não permitem que a luz penetre a altere o produto.

É importante também manter o produto sem contato com o ar. Por isso, embalagens com válvulas ou pumps que não permitem a entrada de ar, são sempre uma melhor opção.

Outro problema da Vitamina C, é que ela não penetra facilmente na pele.

Isso acontece, por ela se tratar de uma molécula solúvel em água. Normalmente, nossa pele se atrai por moléculas solúveis em óleos.

Mas, se formulado com baixo pH, esse problema pode ser sanado.

Mas, um motivo que faz muitos desistirem de usar esse ativo, é a possível irritação que ele pode causar em peles mais sensíveis, como em peles que possuem rosácea.

Caso a concentração desse ativo seja muito alta no produto, pessoas que possuem essa condição podem sentir ardor, formigamento e ficar com a pele bem vermelha e sensível.

Nesse caso, indico que a pessoa procure um cosmético com uma baixa concentração de Vitamina C (abaixo de 10%) ou um produto que possua o derivado de Vitamina C.

Derivados da Vitamina C

Diferente do Ácido Ascórbico, os derivados da Vitamina C são mais estáveis e não oxidam com tanta facilidade.

Isso permite que o consumidor aproveite melhor seu produto, sem desperdiçar ou perder parte do cosmético.

Outra vantagem dos derivados, é que eles costumam ser mais gentis, sensibilizando menos a pele de pessoas que já possuem a pele sensível.

A diferença entre os derivados de Vitamina C é basicamente a tecnologia empregada para proteger a molécula da oxidação.

Alguns dos derivado da Vitamina C são:

Palmitato de Ascorbila

O Palmitato de Ascorbila  (L-ascorbil-6-palmitato) é um derivado da Vitamina C muito utilizado.

Possui capacidade antioxidante muito similar à Vitamina C pura e grande poder de penetração pela pele.

Graças à essa característica, esse ativo é capaz de promover uma boa ação contra os radicais livres.

Porém, se trata de um ativo lipossolúvel, ou seja naturalmente não é um ativo solúvel em água.

Por isso, esse ativo é normalmente encontrado na sua forma nano encapsulada, para manter sua estabilidade e evitar a degradação do ativo.

Esse é o caso do Antioxidante Hidratante da Sallve.

Além de ter a capacidade de reduzir o estresse oxidativo da pele, combatendo os radicais livres e protegendo o colágeno da pele, esse ativo também se mostrou eficiente no clareamento de manchas causadas pelo sol.

Ácido Ascórbico Ethyl (Ascorbic Acid Ethyl Ester)

Um dos derivados mais estudados pela ciência e um dos mais promissores.

Esse ativo possui tantas evidências que comprovam sua efetividade, que no Japão, um dos países que mais destina estudos aos ativos cosméticos, ele é considerado um ativo “quasi-drug”.

Isso quer dizer que lá, ele é categorizado como um ativo entre cosmético e medicamento.

Alguns estudos publicados por empresas de cosméticos, mostram que esse ativo é absorvido como Vitamina C pura na pele, tendo assim uma maior efetividade.

Estudos também sugerem que esse ativo tem a capacidade de aumentar a produção de colágeno pela pele, clarear manchas e iluminar a pele.

Você poderá encontrar esse derivado (e o próximo da lista) no Sérum 10% Vitamina C Creamy.

Vitamina C Glicosada (Ascorbyl Glucoside)

Também se trata de um ativo muito estudado e considerado “quasi-drug” no Japão.

Possui uma ótima estabilidade, se comparado com a Vitamina C pura.

Tem o poder de penetrar na pele e cumprir seu papel como antioxidante, clareador e como estimulador da produção de colágeno.

Qual a melhor Vitamina C para a pele e como incluir na rotina?

vitamina c para o rosto

O melhor ativo, derivado ou Vitamina C pura, vai depender muito do seu tipo de pele e suas necessidades.

Se sua pele for sensível, talvez prefira produtos que possuam os derivados.

Geralmente, produtos com derivados possuem a textura mais leve e menos oleosa. Dessa forma se você tiver pele oleosa ou acneica, também pode preferir os derivados.

Mas isso não é uma regra, cada vez mais vemos no mercado produtos leves e ideais para a pele oleosa contendo a Vitamina C pura.

Tudo é uma questão de teste e de conhecer a própria pele!

Produtos com Vitamina C podem ser utilizados tanto de dia como de noite.

Porém, como seu principal papel é agindo como antioxidante, faz mais sentido incluí-lo pela manhã, já que é o horário que mais estamos expostos à radiação solar e poluição.

Como mencionado anteriormente, a Vitamina C é capaz de potencializar a ação do protetor solar (potencializar e não substituir).

Por isso, sempre aplique o protetor solar após a Vitamina C!

De qualquer forma, na minha opinião, vale muito a pena investir e usar diariamente esse ativo que já é um clássico, seja ele em sua forma pura ou derivada!

Produtos com Vitamina C e Derivados

Solução Vitamina C – Simple Organic

Improve C – Dermage

Improve C - Dermage

Sérum Vitamina C – Tracta

Sérum Vitamina C - Tracta

Vitamina C – Creamy

Vitamina C - Creamy

Antioxidante Hidratante – Sallve

Antioxidante Hidratante Sallve

Hidratante facial clareador Hada Labo Shirojyun Premium Milk

Hidratante Milk Hada Labo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Confira Também