Resenha Esfoliante Enzimático Sallve

5
Nota Final
Onde comprar?

O ato de esfoliar a pele, é um dos passos do skincare que entregam resultados com mais rapidez.

Alguns minutos massageando a pele com um bom esfoliante, e pronto!

Pele lisinha e macia na hora.

O objetivo dos esfoliantes é afinar a camada de células mortas da epiderme, afim de nivelar essa camada e deixá-la mais uniforme.

Isso faz com que a pele revele seu viço, melhore a textura e que absorva melhor os ativos dos produtos utilizados na sequencia.

Existem três tipos de esfoliação:

  • Física – feita com produtos abrasivos, como sementes e grânulos sintéticos, que removem as células mortas e impurezas através da fricção.
  •  Química – feita com ácidos esfoliantes, como ácido glicólico, mandélico e outros. Esse ácidos reagem com a pele e provocam um descolamento das células mortas.
  • Enzimática – feita com enzimas, que tem o poder de quebrar e “digerir” os lipídios e as proteínas que formam a camada mais superficial da pele.

As três formas de esfoliação, são eficazes e entregam resultados.

E o Esfoliante Enzimático da Sallve, usa de todos esses mecanismos para renovar a pele.

Vamos agora, conhecer a os ativos contidos na fórmula do produto.

Embalagem em bisnaga rosada do Esfoliante Enzimático Sallve

Ativos do Esfoliante Enzimático da Sallve

A fórmula desse esfoliante me surpreendeu bastante. Além de contar com os três tipos de esfoliante, ela contém também ativos hidratantes que ajudam a restaurar a pele.

Os ativos principais da fórmula são:

Enzimas de Romã

Através do processo de fermentação do Extrato de Romã em laboratório, são criadas as Enzimas de Romã.

Essas enzimas são proteases e lipases, que como vimos anteriormente, são capazes de agir sobre as proteínas e lipídios das células mortas encontradas na superfície da pele.

De certa forma, as enzimas “desmancham” essas células e o sebo acumulado nos poros e na pele.

AHA de frutas

A fórmula possui um “blend” de alfa-hidroxiácidos, extraídos dos extratos da banana, cajá e manga.

Os AHA’s são esfoliantes químicos, que desprendem as células mortas da pele.

Partículas de Bambu

Responsáveis pela esfoliação física, as partículas de bambu, são microesferas que quando massageadas na pele, causam um atrito, quase como um “lixamento” gentil na pele.

Esse atrito, desobstrui os poros e afina a camada córnea da pele.

Óleo de Crambe, Girassol e Abacate

Por serem ricos em ômega 6 e 9, esses três óleos estão presentes na fórmula por terem a capacidade de restaurar e nutrir a barreira cutânea.

Ao esfoliar a pele, queremos que ela seja renovada, ou seja, queremos mandar embora as células velhas e estimular a regeneração de células novas e saudáveis.

Cera de Candelilla

Extraída de arbustos da planta Euphorbia cerifera, esse ativo atua como hidratante, por manter a umidade natural da pele.

Ele faz isso, por conter ácido graxos na composição.

Minha experiência com o Esfoliante Enzimático da Sallve

O Esfoliante Enzimático da Sallve, foi um dos primeiros lançamentos da marca, lá em 2019, se não me engano.

Assim que lançado, confesso que fiquei curiosa para testar. Principalmente por unir esfoliação química, física e enzimática, coisa que só tinha visto até então, em um esfoliante da marca Adcos, que gostava bastante.

Mas, pouco tempo depois, a marca precisou fazer um recall desse produto. Alguns consumidores notaram que a embalagem do produto havia estufado.

Isso indicava uma proliferação de bactérias no produto.

A marca foi super responsável, e pelo que me lembro se retratou com todos os  consumidores.

Pouco tempo depois, a marca alterou a fórmula do produto, adicionando mais conservantes para evitar a contaminação bacteriana.

No site da Sallve, eles informam detalhadamente as melhorias que foram feitas na fórmula.

Foi só aí então, que resolvi testar o Esfoliante Enzimático.

E que bom que eu fiz isso!

Embalagem do Esfoliante Enzimático e sua textura cremosa

Provavelmente, esse é o meu esfoliante favorito no momento.

Suas partículas são bem pequenas, mas como sua ação esfoliante é tripla, ele é super eficiente ao renovar a pele.

A pele fica super macia e lisa. Costumo usar esse produto uma vez por semana antes de aplicar alguma máscara hidratante.

O resultado é sempre maravilhoso.

Outro efeito que percebi, foi a redução do aparecimento de cravos, principalmente no nariz.

Ele realmente age desobstruindo os poros.

O que me faz usar ele continuamente também, é que ele não agride demais a pele. Por conter ativos hidratantes e restauradores, a pele não fica excessivamente vermelha após a esfoliação, e se recupera bem rápido.

Vale lembrar que, não é necessário massagear o produto com muita força e nem por muito tempo.

Uma massagem leve, já promove a esfoliação.

Sua embalagem é em bisnaga, e o produto rende bastante.

Geralmente utilizo a quantidade equivalente a uma azeitona, para rosto e pescoço.

O produto vem com 70g e custa R$ 59,90. É encontrado apenas no site da marca.

Conclusão
Um dos melhores esfoliantes faciais que já usei. É eficaz na esfoliação, mas não deixa a pele sensibilizada ou ressecada como muitos outros esfoliantes.
Sensorial
Custo-Benefício
Embalagem
Cumpre o que promete?
Pontos Positivos
Ótimo custo benefício.
Esfoliação tripla, química, física e enzimática.
Não agride a pele.
Contém ativos hidratantes e restauradores.
Desobstrui os poros, diminuindo o aparecimento de cravos.
Pontos Negativos
Não encontrei defeitos.
5
Nota Final
Onde comprar?
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sensorial
Custo-Benefício
Embalagem
Cumpre o que promete?
Nota Final

Confira Também