Bálsamamo Demaquilante Sallve

3.1
Nota Final
Onde comprar?

O Bálsamo Demaquilantes da Sallve, foi um dos primeiros produtos do tipo produzidos no Brasil.

Graças à influencia dos cosméticos asiáticos no mercado brasileiro, cada vez mais vemos produtos como o  Cleansing Oil ou Óleo Demaquilante inseridos na rotina de cuidados  das pessoas por aqui.

Não conheço uma pessoa que tenha experimentado os Cleansig Oils asiáticos, e não tenha se apaixonado!

Cleansing Oils são produtos oleosos que possuem surfactante ou tensoativos.

O óleo da fórmula, tem uma compatibilidade com o sebo da nossa pele e com a  maquiagem, que geralmente é à base de óleo.

Dessa forma, ele é capaz de remover por completo até a maquiagem mais pesada.

Assim que entra em contato com a água, os surfactante entram em cena, e emulsionam o produto, formando uma solução leitosa, que remove as sujidades do rosto e o próprio óleo.

O resultado esperado é, uma pele limpa, sem maquiagem e sem resquícios oleosos do produto.

Remover a maquiagem com esse tipo de produto, além de muito fácil e prático, é também prazeroso, visto que nos estimula a tirar um tempo do nosso dia para massagear o rosto.

Normalmente, os Cleansig Oils são utilizados da seguinte forma: aplicamos o produto com as mãos e rosto secos.

Massageamos o produto, enquanto ele derrete a “maquiagem” e as impurezas.

Depois molhamos as pontas dos dedos com água e e massageamos o rosto novamente, emulsionando o óleo, que ao ser enxaguado, sai praticamente por completo.

Se desejar e sentir a necessidade, poderá ainda utilizar um sabonete facial para completar a limpeza.

Na minha opinião, não existe melhor forma de limpar o rosto. Além de remover muito bem a maquiagem, o óleo é capaz de remover uma parte dos cravos contidos nos poros.

Por isso, já há muitos anos sou adepta dos Cleansing Oils na minha rotina de skincare.

Então, assim que a marca Sallve anunciou um produto com essa proposta, fui correndo experimentar!

Vamos saber agora, como é a fórmula do Bálsamo Demaquilante da Sallve.

Embalagem rosa com pump do Bálsamo Demaquilante Sallve

Ativos do Bálsamo Demaquilante Sallve

Diferentemente das outras marcas fabricantes de Cleansing Oils, a marca decidiu utilizar mais ativos emolientes, e menos tensoativos, tendo o objetivo de tornar o produto menos agressivo.

Seus principais ingredientes são:

Óleo de Macadâmia

Nativa da Austrália, o Óleo de Macadâmia  é claro e sem cheiro e já vem sendo utilizado há muito tempo em cosméticos.

Esse Óleo é composto ômega 9 e ômega 7, que protegem a nossa barreira cutânea .

O Óleo de Macadâmia possui também propriedades antioxidantes , que combatem os radicais livres e previnem o envelhecimento precoce.

Peg-20 Glyceryl Trisostearate

Esse é o tensoativo que será responsável por emulsionar o óleo da fórmula.

Nesse ativo, foi unido um polímero polar a um apolar. Dessa forma, o tensoativo se torna mais emoliente e mais suave.

Sensorial e Embalagem

Como disse anteriormente, fiquei muito feliz de ver um lançamento de Cleansig Oil no mercado nacional e fui correndo comprar!

A apresentação do produto é ótima. A embalagem é bonita e possui um pump simples, porém prático.

A marca diz que a textura do produto é em óleo-gel. Na minha opinião, é apenas um óleo mesmo. O óleo é levemente mais grosso do que os outros que já tinha testado, mas ainda assim, é um óleo.

O produto não tem fragrância, mas é possível sentir o cheiro dos ativos da fórmula. É um cheiro bem suave e não me incomoda.

Mas como nem tudo são flores… tive três problemas sérios com esse produto.

Minha experiência com o Bálsamo Demaquilante

Primeiramente, não achei que ele removeu muito bem a maquiagem.

Não uso maquiagem à prova de água e uso apenas maquiagem leve e com acabamento mais hidratante, e mesmo assim ele não deu conta do recado.

Costumo usar os óleos demaquilantes, massageando bastante e sem pressa.

Então, com certeza o Bálsamo Demaquilante da  Sallve, teve tempo de fazer o seu serviço, e mesmo assim, ele não foi eficiente como os outros Cleansing Oils que já havia utilizado.

Outro problema, é que ele não emulsiona tanto quanto os outros produtos similares, que encontramos nas farmácias.

Após enxaguar o óleo, é possível sentir que a pele ainda está oleosa.

Como vimos, o tensoativo utilizado na fórmula, foi escolhido por ser mais gentil com a pele.

Talvez, essa característica tenha deixado o produto com uma menor capacidade de emulsionar.

As duas questões negativas sobre o produto que levantei acima, apesar de incômodas, podem ser contornadas utilizando na sequencia do Bálsamo Demaquilante, um sabonete facial para completar a limpeza. Por sinal, sempre faço isso!

Porém, a próxima questão foi o que me fez desistir desse produto…

Meus olhos ardiam demais quando aplicava o produto!

Essa, é uma reação que nunca podemos prever.

O produto pode ser hipoalergênico e testado oftalmológicamente, e mesmo assim arder nos olhos!

Infelizmente, foi isso que aconteceu comigo.

Após pesquisar um pouco, percebi que eu não estava sozinha!

Algumas pessoas tiveram a mesma experiência que eu.

De todos os produtos da Sallve que testei (e eu testei a linha toda) esse foi o único que realmente me decepcionou e que não pretendo recomprar.

Hoje encontramos melhores opções de Cleansing Oils com a mesma faixa de preço, como o Cleansing Oil da Hada Labo, por exemplo.

Para conhecer os testes clínicos realizados pela marca, acesse esse link!

Conclusão
A proposta do produto de limpar o rosto e remover a maquiagem sem utilizar tensoativos que agridam a pele, é boa. Porém isso atrapalha muito no desempenho. O Bálsamos Demaquilante não emulsiona como deveria e pode causar ardência nos olhos.
Sensorial
Custo-Benefício
Embalagem
Cumpre o que promete?
Pontos Positivos
Bonita e prática embalagem.
Pontos Negativos
Não remove muito bem a maquiagem.
Não emulsiona muito, deixando resquício oleoso na pele.
Pode causar ardência nos olhos.
3.1
Nota Final
Onde comprar?
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sensorial
Custo-Benefício
Embalagem
Cumpre o que promete?
Nota Final

Confira Também